11 filmes FELIZES sobre amor entre mulheres

Um dos maiores problemas com filmes LGBT é que muitos deles – e em geral os que ganham destaque na mídia – são grandes tragédias, dessas que fazem a gente perder a fé na humanidade (*cof cof* Brokeback Mountain). Isso é muito nocivo, principalmente pra quem ainda está descobrindo a sexualidade. Por isso trouxe uma lista de filmes sobre amor entre mulheres que são todos leves, divertidos e com final feliz. Elas ficam juntas! Ninguém morre! É de assistir comendo pipoca doce e marshmallow, gente.

Escolhi filmes de gêneros variados e que nem todo mundo conhece. Nenhum deles está na Netflix, mas eu coloquei links pra baixar cada um ou assistir online. Depois eu faço uma lista com os melhores da Netflix, mas até lá, fiquem com esses 11 filmes fofos que vão te deixar sorrindo bobamente no fim (porque, às vezes, isso é tudo o que a gente precisa). E se você quiser mais, que tal ver a nossa tag de personagens lésbicas?

1) Livrando a cara (Saving face)

Nessa comédia romântica leve e gostosa Michelle Krusiec é Wil Pang, médica jovem e brilhante, criada numa comunidade chinesa nos EUA. Tudo se complica quando a mãe vai morar com ela. Sem desconfiar que Wil é lésbica, a mãe insiste para ela encontrar um marido. A médica acaba se apaixonando pela bailarina Vivian (Lynn Chen). Eu me diverti muito vendo o filme, as duas são um amor, é impossível não torcer por elas! Aqui tem pra assistir online, legendado. Tenho certeza que vocês vão curtir demais.

saving-face-review-fence

Lynn Chen e Michelle Krusiec (Fonte)

2) I can’t think straight (sem título em português)

Tala (Lisa Ray), indiana de ascendência palestina, está prestes a se casar – depois de já ter abandonado três noivos. Ela conhece Leyla (Sheetal Sheth), uma muçulmana tímida que deseja ser escritora, e as duas se tornam amigas. Quando elas se apaixonam, que Tala não sabe como contar para a família e para o noivo que é lésbica. Tem pra ver online aqui ou aqui. Uma história encantadora e com final feliz!

As duas atrizes estrelaram outro romance da mesma diretora, The World Unseen, que aborda as tensões raciais na África do Sul. Apesar de ser uma temática mais pesada e difícil de ver, também vale a pena assistir (download aqui).

I cant think straight

Lisa Ray e Sheetal Sheth em I can’t think straight  (Fonte)

3) Mistério na Torre Eiffel (Mystère à la Tour Eiffel)

O ano é 1889, data de inauguração da Torre Eiffel. Louise é uma jovem divorciada que agora vive com o pai, um dos arquitetos responsáveis pelo projeto da torre. Quando a equipe dele começa a sofrer ameaças e um colega é morto, Louise não vê outra saída a não ser desvendar esse mistério. Ela só não esperava se apaixonar por Henriette. Um suspense levinho e divertido, como a gente raramente vê em histórias de época. Eu já falei sobre ele aqui, onde tem links para download e legenda.

mystere_a_la_tour_eiffel

Louise e Henriette em cena do filme

4) Nunca fui santa (But I’m a cheerleader)

Quando os pais da líder de torcida Megan desconfiam que ela é lésbica, despacham a menina pra um acampamento que promete “curar” homossexualidade. Nunca fui santa é quase o típico besteirol americano, caricato e cheio de duplo sentido, só que a piada da vez são os homofóbicos. Ideal pra gente rir sem ter que pensar muito. Com Natasha Lyonne (a Nicky de Orange Is The New Black) no papel principal e RuPaul fazendo o líder “machão” do acampamento. Sério! E dá pra baixar aqui com legenda.

but im a cheerleader

Natasha Lyonne e Clea DuVall (Fonte)

5) Prazer sem limites (The incredibly true adventure of two girls in love)

Wendy (Maggie Moore) e Randy Dean (Laurel Holloman, de The L World) não podiam ser mais diferentes. Enquanto Wendy é popular e vem de uma família rica, é uma aluna modelo e gosta de música clássica, Randy cochila durante as aulas, odeia matemática, não tem muitos amigos e adora rock. Nada disso impede que elas se apaixonem! Um filme adorável sobre descoberta da sexualidade e amor adolescente. Tem no Youtube, e aqui para ver online. Também é conhecido como 2 Garotas in love.

the-incredibly-true-adventure-of-two-girls-in-love-2

Wendy e Randy Dean, fofas demais! (Fonte)

6) Amigas de colégio (Show me love)

Outro filme adolescente, mas esse toca em assuntos mais complicados (como bullying e automutilação). Decidi colocar na lista mesmo assim porque é justamente o contrário do que a gente costuma ver no cinema mainstream. Os temas são tratados de maneira sutil, sem explorar a dor do personagem queer apenas para chocar o público. Show me love começa difícil, mas à medida que a história progride o fica cada vez mais leve, e o final é todo sorrisos. Foi de onde eu tirei a imagem do post, lá em cima. Download junto com um comentário legal sobre o filme, e para ver online, ambos legendados.

7) Melhor que chocolate (Better than chocolate)

A mãe de Meggie (Karyn Dwyer) se divorcia e vai morar com ela, alheia ao fato de que a filha gosta de garotas e está saindo com Kim (Christina Cox). O casal é uma graça, mas a melhor coisa do filme é a Judy Squires! Mulher trans e lésbica, é impossível não se encantar por ela. Judy é doce, mas implacável diante do preconceito, e desenvolve uma bela amizade com a mãe de Meggie enquanto tenta conquistar Frances, a tímida dona da livraria. Numa cena memorável, Judy canta I’m not a fucking drag queen – em bom português, eu não sou uma drag queen, p****. Vale muito a pena! Download disponível aqui e legendas aqui, ou para ver para ver online

Judy Squires 1

Peter Outerbridge como Judy Squires (Fonte)

8) Casamento de verdade (Jenny’s wedding)

Jenny (Katherine Heiglnunca saiu do armário pra família, apesar de namorar Kitty há cinco anos. Agora ela quer se casar de verdade, com tudo o que direito: vestido branco, festa, buquê. Resta saber se os pais vão aceitar o casamento! Para falar a verdade não tem romance nesse filme, o foco é a relação da Jenny com a família. Um drama água-com-açúcar levinho, com final feliz. A trilha sonora é uma delícia. Você pode baixar pelo Torrent (vá em Download Magnet Link, lá embaixo) ou assistir online dublado.

9) D.E.B.S. As super espiãs (D.E.B.S.)

Filme teen sobre garotas adolescentes que trabalham para o serviço secreto, no maior estilão Três Espiãs Demais – e quem não amava esse desenho? Em D.E.B.S. as meninas investigam a repentina conexão entre uma chefe do crime e uma assassina de aluguel russa, quando na realidade as vilãs estão num encontro. Do tipo romântico mesmo, não pra destruir o mundo. As coisas se complicam quando uma das mocinhas se apaixona pela vilãAssista dublado, ou baixe o filme aqui.

DEBS

D.E.B.S. em ação! (Fonte)

10) Índia, amor e outras delícias (Nina’s heavenly delights)

Nina (Shelley Conné indiana e vem de uma família bastante tradicional, por isso saiu de casa após encerrar um noivado com Sanji. Quando o pai dela morre, Nina volta pra Escócia, para assistir ao enterro, e descobre que o restaurante da família será vendido. Decidida a impedir que isso aconteça, assume a cozinha com a ajuda de Lisa (Laura Fraser), por quem acaba se apaixonado. O filme é superfofo, eu fiquei com fome só de ver a Nina cozinhando (muito sério). Tem no Youtube legendado!

6e0ae79693145a981b8c1fd01e6741b4

Nina e Lisa na competição de culinária (Fonte)

11) Cloudburst – Tempestade na estrada (Cloudburst)

Eu prometi que ninguém morria nessa lista, então preciso avisar logo: no finalzinho de Cloudburst uma das personagens morre, sim. Até hesitei em colocar aqui, mas onde a gente vê um filme sobre duas lésbicas de oitenta anos, vivendo juntas e felizes, tão apaixonadas que elas fogem pra casar? Isso é lindo, precisamos de mais histórias assim no cinema! E entra na lista porque a morte, aqui, não é um evento traumático, como acontece em tantos filmes LGBT, mas a conclusão de uma vida que ela passou ao lado da mulher que ela amava, feliz até os últimos momentos – especialmente durante seus últimos momentos. Baixe com legenda.

cloudburst5__crop

Brenda Fricker e Olympia Dukakis em Cloudburst (Fonte)


Muitos desses títulos estão longe de ser obras de arte, mas eu queria filmes levinhos, gostosos de assistir. É o tipo de história que a gente precisa mostrar pra garotas que se interessam por garotas, porque elas têm que se enxergar em romances também, em comédias românticas, em filmes de ação, aventura e finais felizes (além dos dramas que Hollywood insiste em produzir). Espero que tenha conseguido deixar o dia de alguém um pouquinho mais colorido hoje!


Gostou? Veja mais listas com recomendações do blog. E não se esqueça de curtir a nossa página do Facebook!

Anúncios

7 comentários sobre “11 filmes FELIZES sobre amor entre mulheres

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s